terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

ARCHiPELAGOS - Passagens

ARCHiPELAGOS - Passagens


Amélia Muge e Michales Loukovikas à conversa com Ana Paula Guimarães
com participação musical  de Cramol

5 de Março de 2018, 21h30 | Biblioteca Operária Oeirense 
(R. Cândido dos Reis, 119 – Oeiras)

Entrada livre



 O novo disco de Amélia Muge e Michales Loukovikas une múltiplas "ilhas", pessoais e geográficas, literárias e musicais, reais e imaginárias, num exercício ímpar. (...) Um dos grandes discos de 2017.in: Público, Nuno Pacheco, 12 de Dezembro de 2017, Uma exaltante ode marítima


Amélia Muge e Michales Loukovikas estarão na Biblioteca Operária Oeirense à conversa com Ana Paula Guimarães para uma apresentação muito especial do seu último trabalho que contará ainda com a presença musical do Cramol.

Portugal não tem fronteiras com o mar Mediterrâneo, mas nele vai beber muito da sua história, música e cultura. O mesmo acontece à Grécia, mas no sentido inverso.
Esta viagem pelo espaço e pelo tempo contada por autores gregos e portugueses, vai nesta noite cruzar-se com outras histórias e músicas que vierem à memória dos presentes, reforçando o espaço múltiplo de influências deste trabalho.

A apresentação vai ser assim mais uma passagem, onde o imprevisível vai acontecer, num convívio musical que criará uma nova viagem, um novo arquipélago de encontros.


Organização: BOO-Biblioteca Operária Oeirense e MAPA Associação Cultural

Aproximação à Mafia Siciliana


 “Aproximação à Mafia Siciliana”
Por Pier Francesco Zarcone

Sábado, 3 de Fevereiro, 16h00
MAPA Associação Cultural



No próximo Sábado, 3 de Fevereiro, pelas 16h00, na MAPA Associação Cultural, Pier Francesco Zarcone irá fazer uma apresentação dedicada ao tema : "Aproximação à Mafia Siciliana".

Uma conversa que permitirá compreender as origens e o desenvolvimento de um fenómeno marginal e secreto que não só se desenvolveu e perdurou na sociedade siciliana como se espalhou por outras paragens.

Rua da Junção do Bem, 64 - Oeiras
Tf. 96 275 76 48

Entrada Livre

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Amélia Muge e Michales Loukovikas - Archipelagos


Video promocional do último CD de Amélia Muge e Michales Loukovikas.
Espectáculo ao vivo no próximo dia 29 de Novembro, 4ª Feira às 21 h no Teatro S. Luiz.
Absolutamente a não perder...

terça-feira, 21 de novembro de 2017

4º Café em Segurança - Prevenção de Acidentes e Incêndios Domésticos


4º Café em Segurança

"Prevenção de Acidentes e Incêndios Domésticos"

Dia 25 de Novembro, das 10 às 12 horas
Salão da Cooperativa Nova Morada  (Av. Fundadores 59-A- S/CV, Paço de Arcos)


Café em Segurança do mês de Novembro vai realizar-se na Cooperativa de Habitação Nova Morada em Paço de Arcos (Oeiras).


A sessão será orientada pelo Presidente da AHBV de Oeiras, Engº Jóia da Silva.




Parceria com a PSP de Oeiras e a colaboração da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oeiras.


CONTAMOS COM A VOSSA COLABORAÇÃO E PRESENÇA

A Rede de Cidadania de Oeiras

sábado, 11 de novembro de 2017

“Verde Brilhante” “A Sensibilidade e a Inteligência das Plantas”


Próximo Sábado dia 11 de Novembro pelas 17h , palestra da Eng. Maria José Matos sobre
A Sensibilidade e a Inteligência das Plantas” baseada no livro “Verde Brilhante”
de Stefano Mancuso e Alessandra Viola

Entrada Livre




As plantas terrestres existem há mais de 450 milhões de anos (não precisam dos seres humanos para viver) e, ao produzirem oxigénio, criaram as condições para o aparecimento da vida animal e sua evolução até ao ser humano,  surgido há  cerca de 200 milhões de anos (este, incapaz  de sobreviver  sem as plantas).
A existência e comportamento das plantas revela uma evoluída  forma de inteligência, que o homem não tem sabido perceber  ou/e não tem querido reconhecer.  Já na antiga Grécia - de Platão a Demócrito - e mais tarde - de Lineu a Darwin - se  entendeu  que as plantas têm  capacidades muito mais refinadas do que se pensa.
No entanto, desatenta e erradamente, o ser humano insiste em se considerar o centro do Universo…
 Serão as plantas inteligentes, capazes de comunicar entre si e de resolver problemas? Partindo desta questão, o cientista Stefano Mancuso e a jornalista Alessandra Viola demonstram que as plantas não são, de todo, organismos inferiores. Aliás, como os outros seres vivos, têm uma personalidade, possuem os cinco sentidos, como nós, trocam informações e interagem com os animais, adoptando estratégias de sobrevivência, têm uma vida social, exploram da melhor maneira os recursos energéticos. São capazes de escolher, aprender e recordar, sentem mesmo a gravidade. Inteligência, aprendizagem, memória e comunicação não são prerrogativas do mundo animal: Verde Brilhante explica por que razão são qualidades que as plantas partilham connosco. Indispensáveis à sobrevivência do homem, têm muito a ensinar-nos e, se considerarmos as suas extraordinárias capacidades, serão cada vez mais importantes para o futuro desenvolvimento científico e tecnológico. Verde Brilhante recebeu vários prémios de divulgação científica.

Na MAPA Associação Cultural – Rua Junção do Bem, 64 – Oeiras
Tm. 96 275 76 48

Contos Fora do Bairro

A Rede de Cidadania de Oeiras está a promover em colaboração com a Associação Pombal XXI, e com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras, uma interessante iniciativa com o tema "Contos Fora do Bairro" que consiste em levar crianças dos Bairros do Pombal e Bento de Jesus Caraça a diversos locais de interesse de Oeiras para ouvirem contadores de histórias e animadores culturais que lhes preencham o imaginário colectivo.

No passado dia 14 de Outubro, 23 crianças deliciaram-se com as histórias contadas por José Fanha, a animação de Paula Freitas e a música de Carlos Gutkin.

Uma iniciativa a louvar, apoiar e repetir...

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Exposição dos Alunos da Mapa-Associação Cultural 2017

Exposição de Pintura
dos Alunos da MAPA 

Na Biblioteca Operária Oeirense
de 12 a 27 de Outubro 2017

 seg a sexta     15h às 17h
  sábados      9h às 13h

Rua Cândido dos Reis 119, Oeiras (centro da Vila)
tlf 21 442 6691









Pinturas de Maria Mendes




Pinturas de Manuela Récio


Pinturas de Nica Barreiros




Pinturas de Tatau




Pinturas de Rosanna Camporeale



Pinturas de Pier Francesco Zarcone























fotografias de Carmo Romão

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

EXPOSIÇÃO COLETIVA - ALUNOS DA MAPA - Associação Cultural 2016/2017

Inauguração 12 de Outubro  2017
17h na Biblioteca Operária Oeirense
Rua Cândido dos Reis,119 Oeiras (centro da Vila)



Carmo Romão - Artistas de Oeiras


Carmo Romão - Artistas de Oeiras

 

Carmo Romão - artigo Palavra de Honra - Casa Claudia 2006

A jornalista Ana Paula Dias propõe à pintora Carmo Romão
que "defina" pintura em onze palavras-chave.
Essas 11 palavras escolhidas pela pintora terão o contra-ponto da jornalista
estabelecendo-se assim uma troca interessante de ideias.